Bailarino português Márcio Mota compete na 46.ª edição do Prix de Lausanne

0

O bailarino português Márcio Mota, aluno da Escola de Dança do Conservatório Nacional, vai competir na 46.ª edição do Prix de Lausanne 2018, na Suíça, competição internacional que começa no domingo.

De acordo com o sítio ‘online’ da organização do galardão dedicado à dança, criado em 1973, gerido pela Fondation en Faveur de l’Art Chorégraphique, vão competir 78 candidatos selecionados entre 380 que se apresentaram ao prémio, a decorrer até 04 de fevereiro.

Do mundo lusófono, além do português Márcio Mota, da escola de Lisboa, foram selecionados quatro bailarinos de nacionalidade brasileira: Isabella Faegnolli, Carolyne Galvão, Giovanna Pessoa e Thiago Silva.

No concurso – cujas provas finais decorrem no dia 03 de fevereiro – podem participar jovens bailarinos e bailarinas em fase final de formação, com idades entre os 15 e os 18 anos.

Um total de 380 jovens – 297 bailarinas e 83 bailarinos – de 38 países tinham-se candidatado à participação no galardão e, na sequência de uma seleção, foram apurados 69, juntando-se a estes, nove pré-selecionados.

Os candidatos foram escolhidos por um júri composto por nove membros, todos profissionais do mundo da dança.

De acordo com o sítio ‘online’, a diretora artística do Prix de Lausanne, Shelly Power, espera que os jovens aproveitem a experiência da participação no evento, considerado um dos mais exigentes da dança a nível internacional.

O júri de seleção foi composto por Kathryn Bradney, diretora da Igokat Dance Academy, Patrice Delay, codiretor da Geneva Dance School e do Geneva Junior Ballet, Nicolas Le Riche, diretor artístico do Swedish Royal Ballet, Leticia Mueller, ex-bailarina principal do Birmingham Royal Ballet, Clairemarie Osta, fundadora do L’Atelier d’Art Chorégraphique, Igor Piovano, diretor do Igokat Dance Academy, Élisabeth Platel, diretora da Escola de Ópera e Ballet de Paris, Shelly Power, diretora artística do Prix de Lausanne, e Sean Wood, também codiretor da Geneva Dance School e do Geneva Junior Ballet.

Partilhar.

Comments are closed.