Moda portuguesa promovida em Londres e Paris em setembro

0

O Portugal Fashion vai cingir-se, na nova temporada, a fazer desfiles internacionais durante as semanas da moda de Londres e Paris em setembro.

O Portugal Fashion, projeto da responsabilidade da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), optou por “concentrar os seus desfiles internacionais em duas grandes capitais da moda, Paris e Londres”, nesta nova temporada de desfiles internacionais que arranca com a semana da moda de Londres, de 14 a 18 de setembro, avançou à Lusa a porta-voz Mónica Neto, referindo que para 2017-2018 o valor aprovado de financiamento foi de “aproximadamente de quatro milhões de euros”.

A temporada primavera/verão 2019, que começou com as semanas de moda masculinas em junho em Milão, Roma e Paris através de uma aposta na internacionalização dos jovens ‘designers’ da plataforma Bloom, regressa em setembro, para as semanas da moda femininas, focando-se em Londres e Paris.

“O Portugal Fashion optou por concentrar os seus desfiles internacionais em duas grandes capitais da moda – Paris e Londres – aumentando o número de marcas e criadores portugueses nas respetivas ‘fashion weeks’. A atual conjuntura económica, os interesses comerciais de criadores e marcas, a necessidade de envolver novos protagonistas e a gestão estratégica dos diferentes ciclos promocionais, entre outros motivos, levaram ao reforço da aposta em Paris e Londres – duas das maiores montras da moda internacional”, explica Mónica Neto.

O Portugal Fashion continua, todavia, a considerar “estratégico” estar noutros eventos internacionais.

“Isto não significa que o Portugal Fashion deixe de considerar estratégica a presença da moda portuguesa noutros eventos internacionais, nomeadamente em Milão (Itália) e Nova Iorque (EUA), onde temos obtido bons resultados em termos comerciais e de visibilidade. Trata-se, tão-só, de gerir as participações de criadores e marcas numa lógica maximização das oportunidades que os mercados apresentam num determinado momento”, acrescenta a mesma responsável.

As grandes apostas que o Portugal Fashion destaca nesta próxima temporada começam no dia 13 de setembro, com a apresentação da coleção primavera/verão 2019 da ‘designer’ portuguesa Ana Teixeira de Sousa, criadora da marca Sophia Kah. O desfile vai acontecer na residência oficial do embaixador de Portugal em Londres, entre as 18:00 e as 20:00.

Ana Teixeira de Sousa, oriunda de uma família com tradição no setor têxtil na zona de Felgueiras, foi para Londres estudar Gestão Internacional, mas a paixão pela moda falou mais alto e em 2010 criou a marca Sophia Kah. Hoje na sua lista de clientes constam, por exemplo, a atriz Keira Knightley ou as cantoras Nelly Furtado e Florence Welch.

No dia 14 de setembro, pelas 10:30, é a vez do desfile da nova coleção da criadora Alexandra Moura no âmbito da semana da moda de Londres, no que é a quinta vez que a ‘designer’ se apresenta naquele evento.

O Portugal Fashion considera que Londres é “uma importante montra para captar os ‘players’ internacionais da moda” que aquela pretende atingir, designadamente os “mercados asiáticos”, como Japão, China e Kuwait.

O roteiro internacional do Portugal Fashion segue depois para a semana da moda de Paris, cujo calendário oficial se realiza entre 25 de setembro e 03 de outubro. No dia 25 de setembro, a marca portuguesa Marques’Almeida vai estrear-se naquele evento de moda em França.

Ainda na semana da moda de Paris, os criadores portugueses Luís Buchinho e Diogo Miranda, ambos no dia 26 de setembro, apresentam as suas coleções primavera/verão 2019 na capital francesa.

O português Luís Buchinho tem presença assídua na semana de moda de Paris desde 2009, mas também já realizou no passado desfiles em Nova Iorque (EUA) e São Paulo (Brasil).

O ‘designer’ Diogo Miranda estreou-se nos roteiros internacionais do Portugal Fashion em 2015 na semana da moda de Paris, tendo já apresentado coleções em ‘showrooms’ em Londres, Berlim e Nova Iorque.

O Portugal Fashion é cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 – Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Partilhar.

Comments are closed.