Tiago Martins, o descolar de um homem simples até Diretor Comercial e Marketing da companhia aérea Aigle Azur

0

Tiago Martins, uma pessoa discreta, que não gosta muito de aparecer nas luzes da ribalta e não é vaidoso como se defi ne. Nasceu a 18 de outubro de 1981, filho de Domingos Martins de Ribeira de Pena, distrito de Vila Real e Celeste dos Santos Martins, natural da Areosa perto da cidade do Porto.

Tiago Martins, uma pessoa discreta, que não gosta muito de aparecer nas luzes da ribalta e não é vaidoso como se define. Nasceu a 18 de outubro de 1981, filho de Domingos Martins de Ribeira de Pena, distrito de Vila Real e Celeste dos Santos Martins, natural da Areosa perto da cidade do Porto.

Tiago está casado há 11 anos com Catarina de Carvalho Martins, natural de Viseu, casal com 3 filhos, Clara , Andreia e Hugo.

Começou a trabalhar cedo, aos 16 anos estudou na Escola Nacional de Comércio em Paris e fez o mestrado em gestão de empresa na universidade de Marne la Vallée, nunca foi à escola portuguesa, mas quando acabou o 12° ano, decidiu escolher o português como língua principal, até ao ponto dos professores não acreditarem que nunca tinha aprendido o português.

Tiago Martins tem duas irmãs que decidiram, aos 18 anos, ir viver para Portugal, uma é médica e outra trabalha em laboratórios químicos, e por nada querem voltar viver para França.

O seu primeiro emprego foi na “Degriftour” uma empresa francesa que vendia viagens pelo minitel, bem antes da internet atingir o lugar que tem hoje, depois foi trabalhar para “lastminute.com”, foi aí que começou o verdadeiro “descolar” da sua carreira até ser hoje o Diretor Adjunto Comercial da grande companhia multinacional Aigle Azur e em paralelo, executa o cargo de Delegado de Portugal desde o lançamento da rota.

Homem humilde, mas é bom lembrar que é cinto preto de judo, tem participado em várias competições do campeonato de França e competições internacionais. A sua filha mais velha também deseja seguir as passadas do pai, quer ser cinto preto e tem como objetivo representar Portugal.

Tiago adora cozinhar, como ele diz, “sou o chefe lá de casa”, gosta muito de conviver com os amigos e faz tudo para passar o maior tempo possível com a família e sobre tudo seus filhos, “a família é a maior riqueza que podemos ter” diz Tiago. Ajuda sempre quando pode, está muito ativo nas causas de solidariedade, faz parte da associação “Les copain de Hugo”, acha que todos deveríamos dar um pouco do nosso tempo a ajudar quem precisa, “isso é muito importante”.

Recentemente teve um infarto, estando várias semanas hospitalizado, uma etapa da sua vida muito difícil, na qual pensa todos os dias, e o que o leva a amar cada vez mais a família e dar valor aos momentos que passa com os amigos e conhecidos.

Prise de vue Aigle Azur le 18/11/2015

Portugal Magazine esteve com o Tiago Martins, descubra o percurso do luso-descendente, Diretor Comercial da companhia aérea francesa Aigle Azur. A sua carreira é revelante, pois ainda ocupa o cargo de Delegado da companhia em Portugal desde o lançamento da rota. Essa experiência é um reflexo de vários outros trajectos de luso-descendentes que contribuem diariamente para a divulgação de Portugal, um destino cada vez mais privilegiado entre os turistas franceses.

Tiago Martins, como começou a sua viagem na companhia aérea Aigle Azur como Diretor Adjunto Comercial ?

Entrei para a companhia aérea Aigle Azur em 2006, logo após o lançamento das ligações Paris / Lisboa e Paris / Porto. Ocupei num primeiro tempo o cargo de Responsável de Produto, passando depois para Responsável de vendas até 2014, data em que fui nomeado Diretor Adjunto Comercial. Em paralelo, exerço o cargo de Delegado de Portugal desde o lançamento da rota.

Pode resumir algumas datas importantes da mais antiga companhia aérea francesa privada ?

A Aigle Azur comemora o seu 70º aniversário este ano. A companhia foi criada em abril de 1946 por Sylvain Floirat, um industrial francês de renome nos setores da indústria aeroespacial e da comunicação. A empresa posicionou-se desdo o início no Norte de África com sucesso, com serviços regulares de transporte entre França, Argélia e Tunísia.

A Aigle Azur, passo a passo, desenvolveu a sua frota, bem como os seus destinos. Em 2001, a companhia focalizou os seus serviços na Argélia, o seu destino principal, abrindo linhas regulares. Em 2006, a Aigle Azur lançou as suas primeiras rotas para Portugal, agora o segundo destino da companhia. Desde então, a companhia reforçou a sua presença na África Ocidental, com a abertura sucessiva do Mali, do Senegal e da Guiné.

Em 2012, o grupo HNA, um dos principais atores do turismo e do transporte na China, entrou no capital social da Aigle Azur com 48%. A chegada deste novo accionista de referência permitiu à Aigle Azur de acelerar a sua estratégia de crescimento e desenvolvimento.

Qual a posição da Aigle Azur no mercado de transportes aéreos ?

A Aigle Azur é a segunda companhia aérea privada francesa e impõe-se no céu francês e mediterrâneo com uma política de proximidade, com uma forte presença no terreno, atenta às necessiadades dos nossos clientes e dos seus hábitos. É o que caracteriza a nossa abordagem e que faz com que a Aigle Azur seja uma companhia úníca.

Um dos principais destinos da companhia é Portugal. Porquê esta escolha ?

Este ano, comemoramos os nossos 10 anos de operação em Portugal, que é agora o nosso segundo mercado por ordem de importância. A Aigle Azur inaugurou as suas primeiras ligações com destino a Lisboa e Porto em 2006 (com partida de Paris-Orly), rotas que foram rapidamente eleitas para mercados de lazer e negócios. Devido à forte procura por parte dos nossos passageiros, fomos aumentando gradualmente as frequências nesses dois destinos portugueses.

Em 2008, abrimos a rota sazonal Faro (de Paris-CDG) e Funchal em 2009 em voo regular. Em dezembro de 2015, confrontados com o seu sucesso, o destino Faro tornou-se regular e é agora operado a partir de Paris-Orly. Finalmente, em março de 2016, ainda no âmbito da nossa estratégia de expansão e diversificação dos destinos em Portugal, lançamos uma ligação entre Lyon e Porto.

Aigle Azur opera atualmente 18 voos por semana e é a única companhia aérea francesa a servir os quatro principais aeroportos portugueses ao longo do ano, Lisboa, Porto, Faro e Funchal.

Quais os outros principais destinos da Aigle Azur ?

A empresa está presente na Argélia, Portugal, Mali, Senegal e Guiné a partir de 6 cidades francesas. A companhia transporta anualmente cerca de 2 milhões de passageiros em Airbus (A319 e A320), com 300 voos regulares operados semanalmente.

Quais os projetos da Aigle Azur a curto e longo prazo ?

Além da nossa expansão no mercado português, continuamos a nossa estratégia de desenvolvimento de voos de médio curso e da expansão da nossa rede Africana com o lançamento sucessivo das linhas Marselha > Dakar em 2015, Lyon > Dakar em março 2016 e, mais recentemente Paris> Conakry (desde o 31 de outubro 2016), além da nossa ligação já existente entre Paris e Bamako.

A abertura de novas rotas está em análise e esperamos anunciar em breve o crescimento da nossa rede.

Um trabalho enorme foi feito ultimamente pela Aigle Azur a nível online, novo site, novas aplicações e serviços. Pensa que esse trabalho era necessário ?

De facto, temos trabalhado na nossa implementação digital. A companhia repensou o seu site para melhorar o seu design e ergonomia, desta forma, os clientes da Aigle Azur vão poder beneficiar de uma experiência online mais fluida e personalizada. O nosso objetivo é melhorar a resposta às expectativas dos clientes, facilitando as várias fases da viagem, desde a reserva até ao embarque, por meio da prestação de serviços auxiliares.

Reformulamos o nosso site, a nova versão estará online em breve. Lançamos também um novo site móvel e uma aplicação para smartphones e tablets, “Aigle Azur App”, disponível para IOS e Android. Existe o serviço de pré-seating que permite ao passageiro escolher o seu lugar. E ainda, a possibilidade de viajar para Portugal, com ou sem bagagem de porão.

Tiago Martins, tem alguma mensagem para os leitores da Portugal Magazine e a comunidade lusófona ?

Portugal é atualmente um destino privilegiado para turistas e um mercado extremamente importante para nós. Desejamos, evidentemente, reforçar a nossa presença em Portugal e continuar a satisfazer as necessidades dos nossos clientes. É nesse sentido que temos desenvolvido os nossos serviços desde 2006: horários adaptados, programa de voos reforçado consoante a procura, melhores serviços de terra e online.

Recentemente, a nossa delegação em Portugal mudou-se para instalações mais espaçosas, para acolher cerca de 30 colaboradores na central de reservas.

Estamos presente no meio dos profissionais do turismo português, nomeadamente através da nossa participação regular na Bolsa de Turismo de Lisboa e presença assídua no meio da comunidade lusófona.

A Aigle Azur espera receber cada vez mais passageiros a bordo dos seus voos entre França e Portugal!

Partilhar.

Comments are closed.