Livro da associação “Rancho Folclórico de Wissous – Memórias Fotográficas” apresentado em Wissous juntamente com grande festa portuguesa

0

A associação Rancho Folclórico de Wissous organizou uma grande festa, onde foi inserida a apresentação do Livro “Rancho Folclórico de Wissous –  Memórias Fotográficas” um livro da editora “Portugal Mag Edições” que vem a realizar uma colecção de livros que pretende preservar o património cultural português, com vários testemunhos de associações, grupos folclóricos e todas as instituições que estejam ligadas à cultura lusófona.Para esta noite de festa, a associação convidou os artistas Nelson Costa, Letícia Risto, Quinzinho e o Dj Spok, mas antes teve lugar a parte cultural onde foi realizada a apresentação do livro. A apresentação esteve a cargo dos dois fundadores da Portugal Mag Edições, Pedro António e Frankelim Amaral, que explicaram ao público presente o porquê desta colecção em prol da cultura lusófona.

3  11 126   413

Pedro António começou por apresentar a editora, dizendo que é especializada na publicação de autores portugueses e lusófonos, em romance, poesia, arte, história e outras categorias, já com vários livros editados e outros em curso, citando que a comunidade precisava de uma editora lusófona em França. «Já temos revistas, jornais, rádios e sites, mas na edição da cultura, na divulgação da língua de Camões, estamos muito pobres, esta é a razão pela qual se lançou o projecto da edição. Apesar da editora ter poucos meses, já demonstrou o seu trabalho com vários livros editados e projectos em curso, como a colectânea de poetas lusófonos que reúne mais de 70 poetas de vários países», acrescentando que «este livro da Associação de Wissous é o primeiro desta colecção Memórias Fotográficas, mas que a apresentação do segundo já está agendado para dia 22 de Abril, com a associação,’ACPV’ L’ Amicale des Portugais de Vincennes.»Frankelim Amaral por sua vez destacou o papel importante da colecção Memórias Fotográficas, na qual foi coordenador: «esta recolha de testemunhos, fotos, informações sobre cada associação é muito importante para a nossa identidade em França, porque nos tempos que decorrem, temos cada vez mais a necessidade de marcar a memória, de vincar as nossas tradições, raízes, língua, o trabalho como instituição, grupo folclórico ou associação lusófona em França. Esse trabalho, sacrifício, tem que ficar marcado para poder haver recordações e provas na história de gentes que se orgulham e defendem a nossa cultura. Cada edição terá uma parte dos seus livros guardados para pesquisa e realização de um espólio de consulta sobre as associação e instituições Lusófonas em França no Consulado Geral de Portugal de Paris.» Acabando por agradecer todos os membros da associação pela disponibilidade e simpatia que tiveram na recolha das informações, assim que ao presidente da associação, Francisco Paiva e a Alexandrine Paiva, que também tomaram posse da palavra para falarem da sua satisfação sobre este projecto.  Francisco Paiva agradeceu a todos os membros pelo trabalho desenvolvido ao longo destes anos, nem sempre foi fácil manter assim um grupo unido, mas quando predomina a amizade e boa vontade, tudo é mais fácil, é por isso que organizam eventos por por amor à tradição e aos costumes de Portugal. Alexandeine Paiva agradeceu a Portugal Mag Edições pelo trabalho e todos os presentes, salientando que este livro é o fruto de uma grande união. Também o ensaiador do Rancho, Stéphane, deu umas palavras salientando por sua vez como era importante guardar as marcas de um trabalho, guardar as memórias das nossas tradições e agradecendo todos os membros do grupo pela paciência que manifestaram ao longo destes anos. Teve depois o grupo Rancho Folclórico de Wissous o seu momento de brilho, dançando e apresentando às centenas de pessoas presentes as suas modas e costumes. E nada melhor para acabar esta noite em festa, que a actuação dos artistas convidados.

Partilhar.

Comments are closed.