Consulado honorário na cidade francesa de Tours com novas instalações

0

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, disse que as novas instalações do consulado honorário na cidade francesa de Tours vão dar mais condições a quem acorre ao serviço assim como melhores condições de trabalho aos funcionários consulares.

“Hoje é possível termos umas instalações ajustadas a um padrão de qualidade e serviço público adequados à imagem que o Estado português tem procurado desenvolver na sua dimensão externa”, indicou José Luís Carneiro, em declarações à agência Lusa após a inauguração do novo espaço.

Apesar de já estar a funcionar nas novas instalações desde o início de junho, o novo espaço do consulado honorário de Tours teve a sua inauguração oficial onde, para além do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, estiveram também presentes o embaixador de Portugal em França, Jorge Torres Pereira, o cônsul-geral de Portugal em Paris, António Moniz, e ainda o presidente da Câmara de Tours, Christophe Bouchet.

Segundo José Luís Carneiro, esta mudança para o sétimo andar do número 21 da rua Edouard Vaillant justificou-se porque as antigas instalações “precisavam de requalificação” e “não tinham acesso para pessoas com mobilidade reduzida”. O novo espaço dará também melhores condições aos seis funcionários consulares que aí trabalham, garantiu.

A mudança insere-se ainda, segundo o governante, na aposta do executivo no investimento nas estruturas consulares em França.

“O conjunto do investimento realizado até agora em França em várias estruturas consulares [Paris, Bordéus, Lyon, Tours, Toulouse, Nantes] já anda na ordem de 1,3 milhões de euros ao qual deve ser adicionado o valor do investimento na infraestrutura tecnológica”, indicou José Luís Carneiro, detalhando ainda a aquisição de novos computadores e novas máquinas destinadas à realização das permanências consulares.

O consulado honorário de Tours abrange mais de 40 mil portugueses e lusodescendentes que vivem nesta região de França.

Partilhar.

Comments are closed.